Opinion Shakers Headline Animator

quinta-feira, 5 de março de 2009

Maria Elisa dixit...

"A minha saída do Parlamento foi injusta. Pensei que pudesse juntar o meu ordenado de deputada ao da RTP. Dava ainda aulas numa universidade pública. Nunca mais voltei a recuperar financeiramente"

Palavras para quê!?

Não sei se foi sinceridade da parte da senhora "Jornalista-ex-deputada-ex-professora" ou burrice mesmo. A minha convicção é que foi mesmo a segunda. Mas isso também não invalida que ela seja mais uma chica-esperta como a esmagadora maioria dos nossos políticos.

Esta senhora, provavelmente, nunca foi inscrever-se no fundo de desemprego, nunca passou dias e dias a enviar currículos por e-mail sem receber respostas, nunca entregou currículos em mão e teve de levar com redondos nãos, nunca teve de contactar conhecidos para lhe arranjarem trabalho e grande parte deles virarem-lhe as costas, nunca teve de baixar a fasquia e procurar trabalhos menos condizentes com as suas habilitações. Sinceramente, não me parece que esta senhora tenha alguma vez passado por tudo isto.

Mesmo que não estivéssemos a passar por uma crise, esta declaração seria, no mínimo, obscena. Mas no actual contexto a mesma reveste-se de um sentido extremamente ofensivo para a grande maioria dos portugueses que passam momentos difíceis.

Se ganhava assim tão bem, porque é que não soube gerir melhor o dinheiro? Depressa vem, depressa vai. É o que geralmente acontece com os sinecuristas como ela. Quanto mais ganham mais gastam.

Até me faz lembrar aquele anúncio de uma conhecida cadeia de hipermercados: "É por isto que vou ao ......". Mas no caso da Maria Elisa é por isto que ela foi ao Parlamento.


Fonte: Revista Sábado n.º253 citando entrevista de Maria Elisa à TV Guia

3 comentários:

Multiolhares disse...

Antes de mais quero agradecer
as visitas ao meu humilde cantinho
e as palavras de carinho.

Quanto ao teu poste é como dizes, cada um de nós
infelizmente só nos preocupamos com o nosso umbigo
pelo menos a maioria, depois quanto mais alto se está
maior se quer parecer, é o mostrar ao mundo, e o materialismo
é terrível, faz doer ao vermos tantos seres a viver com o ordenado mínimo
ou menos, tanto desemprego e escutar certas palavras lançadas ao vento.
uma boa noite

HG disse...

Retribuo os agradecimentos pela visita a este cantinho.

Infelizmente a maioria dos nossos políticos exercem os seus mandatos para se servirem e não para servirem o povo. Geralmente têm vistas curtas, porque alcandorados no alto dos seus status e rendimentos não conhecem, de facto, o país real que sofre.

Boa tarde

José disse...

Esta senhara a Maria Elisa.
elém desses belos "empregos" que teve
foi ainda assesora directa do Pinto
da Costa. que agora foi promovido
a galo depois do apito dourado,
ele mesmo com poucas peninhas, ainda
tem muitas galinhas a seu lado.
E há saida dos tribunais, ainda tem
mais????