Opinion Shakers Headline Animator

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

O melhor e o pior de 2008

A selecção que passo enunciar abaixo reflecte somente a minha opinião e não a do conjunto dos Opinion Shakers.

O ano que agora finda foi tão abundante em acontecimentos maus que tive muita dificuldade em escolher só um. Não me recordo de um ano tão mau nem mesmo pessoas mais velhas do que eu.

Internacionalmente:

Positivo

A eleição de Barack Obama como Presidente dos Estados Unidos foi algo de positivo no sentido de mostrar ao poder instituido que é preciso uma mudança. Espero que a positividade da eleição de Obama não se fique só por aí e que ele aja de acordo com as expectativas que toda a gente está depositando nele. Acho que os media já estão a abusar e a tratar Obama como se uma figura do showbizz se tratasse.

Negativo

A crise financeira internacional, que teve origem na grande especulação financeira. O grande capital continua a poder movimentar-se sem praticamente qualquer tipo de regra, fruto do neo-liberalismo adoptado pela maioria dos governos. Este cenário internacional é uma espécie de rede de pesca em que só o peixe miúdo é que é capturado, o peixe graúdo safa-se quase sempre.


Em Portugal:

Positivo

Não, não é o Magalhães. É sim, a nova lei anti-tabaco que passou a entrar em vigor a partir do início deste ano que agora termina.





Negativo

Como já referi a crise financeira internacional, lá acima, não a irei referir aqui novamente. O que se passou de negativo no annus horribilis que agora termina e em todos os anos anteriores é a eterna e total incapacidade da classe política para tomar medidas eficientes de combate à crise. Se a classe política está cada vez mais mal vista, a culpa é dela própria. Têm sido inúmeros os casos de corrupção política. Política, grande poder financeiro e futebol são uma mistura explosiva cujos estilhaços atinjem a grande maioria dos portugueses, mesmo aqueles que sentindo a crise vão de férias para as Caraíbas neste final de ano.

E quanto aos caros leitores? O que foi para vocês o melhor e o pior de 2008?

Gostaria de desejar aos nossos leitores os votos de um excelente ano de 2009. Mesmo que a entrada em 2009 signifique, logo à partida, mais aumentos.

3 comentários:

Miguel disse...

A toda equipa Shaker,

” Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.”

Carlos Drummond de Andrade

Feliz Ano Novo são os votos da M&M & Cª!

Helder Gomes disse...

Obrigado Miguel,

Retribuímos os votos de um excelente ano novo.

Abraço,
Helder

JP disse...

De uma forma nada irónica fazia a seguinte escolha:
(Internacional)
-positivo: o lançamento de um produto 100% português, o Magalhaes!
-negativo: o facto de mcain não ter ganho as eleições nos EUA!

(nacional)
-positivo: o facto de Sócrates ter dado um murro na mesa e as taxas do BCE baixarem
-negativo: Portugal arrisca-se a não ir ao Mundial de futebol!